Login:

AlunosColaboradoresDocentes
A-
A+

Se você é do tipo de pessoa que se identifica com cálculos, certamente já pensou em qual engenharia deve fazer.

Mas, você sabe, de fato, o que significa Engenharia?

A origem da palavra é latina: vem do termo ingenium, que significa invenção ou inteligência.

É a área do conhecimento que trata os conceitos de projeção, desenvolvimento, construção, análise e manutenção de alternativas que facilite a vida da sociedade nas atividades do dia a dia.

Hoje, temos vários cursos na área da engenharia, cada um com um campo diferente de estudo e atuação, mas com uma linha em comum: a melhoria na qualidade de vida, não só da nossa sociedade atual, mas também das próximas gerações.

UNIFATEB conta com quatro opções de cursos de Engenharia, e neste texto vamos te ajudar a descobrir qual delas você mais se identifica.

Engenharia Civil

A Engenharia Civil é uma dos tipos de Engenharia mais tradicionais.

Ela responde às funções básicas que visam ao bem-estar, à proteção ambiental e ao desenvolvimento da sociedade, através de sua atuação científica, tecnológica e administrativa em obras. É a parte dedicada a projeção, construção, gerência e manutenção de todos os serviços ligados à infraestrutura, desde casas, viadutos, prédios, pontes, e por aí vai.

Aqui na UNIFATEB, o curso superior em Engenharia Civil é bacharelado, presencial e EAD, e tem duração de 5 anos.

Engenharia Mecânica

A Engenharia Mecânica também é um dos mais antigos da engenharia. Essa área trata da análise, fabricação e manutenção de sistemas mecânicos. Resumindo, são responsáveis por desenvolver máquinas, motores, e sistemas termodinâmicos para todo tipo de indústria.

Este profissional pode desempenhar cargos em manutenção, fiscalização e instalação, principalmente em empresas. Seu campo de atuação é bem abrangente.

Aqui na UNIFATEB, o curso superior em Engenharia Mecânica é bacharelado, presencial, e tem duração de 5 anos.

Engenharia de Produção

Como o próprio nome já diz, a Engenharia de Produção é voltada para o desenvolvimento de soluções que aumentam a produtividade. O profissional geralmente terá noções administrativas, de qualidade, de gestão e de economia, por isso, o campo de trabalho é muito amplo, podendo trabalhar em empresas, fábricas, e até em bancos.

Aqui na UNIFATEBo curso superior em Engenharia de Produção é bacharelado, presencial e EAD, e tem duração de 5 anos.

Engenharia Química

O engenheiro químico lida com a transformação de matéria-prima e a composição de substâncias. É ele quem determina quais serão as etapas dos processamentos e em qual ordem devem ocorrer para transformar a matéria-prima em um produto final.

O trabalho do engenheiro químico está mais presente em nosso cotidiano do que podemos imaginar. É através dos processos químicos por ele feito que temos esmalte de unha e tinta de caneta, por exemplo.

A Engenharia Química é necessária em setores como órgãos de regulação ambiental, fabricas têxteis, estações de tratamento de rejeitos industriais, setor alimentícios e farmacêuticos, entre vários outros.

Aqui na UNIFATEB, o curso superior em Engenharia Química é bacharelado, presencial, e tem duração de 5 anos.

Nosso objetivo é formar profissionais na área de engenharia para atuarem de forma crítica e criativa, capazes de absorver e desenvolver novas tecnologias, identificar e solucionar problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas geradas pela sociedade.

E aí, conseguiu decidir em qual engenharia você se encaixa? Aproveita que as inscrições do Vestibular UNIFATEB estão abertas e garanta já sua vaga!

Inscreva-se

Para quem deseja trabalhar com produção agrícola e pecuária, se preparar para fazer uma formação em Agronomia é fundamental. O curso de Agronomia acaba de entrar na grade de cursos da FATEB e é a mais nova novidade para nossos futuros estudantes. Entretanto, você sabe o que a Agronomia estuda? Quais são as áreas de atuação?

Para tirar todas as suas dúvidas sobre esse curso é que nós estamos aqui hoje. Além disso, você também vai saber mais detalhes sobre o curso de Agronomia da FATEB. Continue a leitura e entenda um pouco mais sobre a graduação em Agronomia e todas as oportunidades que ela oferece.

Boa leitura!

O que o curso de Agronomia estuda?

O curso de Agronomia dura, em média, cinco anos. Durante a graduação, o aluno estuda uma diversidade de matérias que são importantes para a sua formação como agrônomo. A base da grade curricular é composta por matérias de ciências exatas e biológicas. Dentre elas, estão, por exemplo:

Depois dessas matérias, o curso passa a ter conteúdos mais específicos da área, como agrometeorologia, fitopatologia e fruticultura, por exemplo.

Conheça a grade curricular da Agronomia FATEB

Quais são as áreas de atuação?

Assim como tem uma grade curricular bem ampla, as possibilidades de atuar dentro dessa área também são diversas. A área da Agronomia tem uma grande perspectiva de desenvolvimento e expansão, logo, demanda profissionais especializados para acompanhar esse movimento. Se você ainda não conhece todas as áreas de atuação ou não conseguiu escolher a que você quer se especializar, dá uma olhada nas alternativas que o curso de Agronomia oferece:

Como é o curso de Agronomia da FATEB?

Como você viu, esse curso oferece diversas oportunidades de atuação. E se você sonha em trabalhar nesse mercado, chegou a sua vez. O curso de Agronomia da FATEB é o que você precisa!

Com a facilidade da modalidade EAD, você estuda de qualquer lugar e no seu tempo. Além disso, o curso ainda conta com aulas práticas presenciais, para que você tenha a vivência de todo conteúdo aprendido em aula.

Viva a sua transformação. Viva ser FATEB!

O Curso de Engenharia Mecânica passou pela avaliação de reconhecimento do Ministério da Educação (MEC) e obteve conceito 3, favorável ao seu reconhecimento. Nos dias 19 e 20 de setembro, a Comissão de Avaliação verificou in loco e avaliou as dimensões Organização didático-pedagógica, Corpo docente e Infraestrutura do Curso, e em todas elas foram atendidos os quesitos legais e de qualidade exigidos pelo MEC. A finalização do processo se dará com a publicação da Portaria de reconhecimento do curso no Diário Oficial da União, que deverá ocorrer muito em breve.

Metodologias ativas em prática na FATEB

Hoje (26/02), os acadêmicos do 3° Período de Psicologia participaram de uma oficina de ideias no Laboratório de Prototipagem, junto com as professoras Luciana e Gladerez. Enquanto isso, os calouros de Engenharia assistiram a um workshop com o tema “A nova geração de engenheiros para um mundo exponencial”.

Nesta noite, também aconteceu a primeira Reunião Organizacional do JIF – Jogos Intercursos da FATEB, com todos os acadêmicos de Educação Física.40

Clique aqui e confira todas as fotos. 

Sejam bem-vindos, nossos acadêmicos! Este espaço foi feito para vocês e está tudo pronto para colocar a mão na massa.

Hoje (14/02), os acadêmicos das Engenharias conheceram de perto o novo Centro Laboratorial Professor Ivo Neitzel e foi impossível não ficarem animados com as possibilidades que o complexo oferece para elevar ainda mais o aprendizado. Ao todo são 17 laboratórios completos, Química, Física, Prototipagem, Mecânica, Civil, Metrologia, Fenotran, dentre outros, que prepararão nossos acadêmicos para ingressar no mercado de trabalho, aptos para superar grandes desafios.

Para o acadêmico Alex Sandro Marcondes, que já se formou em Administração na FATEB em 2015, e voltou cursar Engenheira de Produção em 2018, o espaço vem de encontro com a metodologia de prototipagem praticada pela IES, e este investimento só comprova a preocupação em formar profissionais de excelência.

A acadêmica do 3° Período de Engenharia Química, Angélica de Lara Leal, afirma: o novo Centro Laboratorial da FATEB ampliou meu campo de visão em relação ao real aprendizado. A proposta de uma estrutura moderna e descontraída é a chave para inspirar o desenvolvimento da criatividade e inovação através da prototipagem, além de possibilitar a prática de tudo o que é ensinado em sala de aula, resultando na formação de profissionais preparados para atender a demanda de um mercado exigente!

Estamos muito animados com todos os experimentos que virão!

Gente, tem uns “ex” que NUNCA, NEVER, JAMAIS vamos esquecer e, ainda por cima, fazem a gente se apaixonar ainda mais!

O FATEBex (ex-acadêmico da FATEB) de Engenharia Química, Kennedy Barros Matos, que se formou em 2016, teve seu Trabalho de Conclusão de Curso considerado O MELHOR, O THE BEST do Paraná pelo CREA-PR dentro da categoria Química, Geologia e Minas. O projeto avaliado foi apresentado em um congresso e teve como tema a “Análise da deformação de uma embalagem de líquido feita com cartão tipo LPB”.
Kennedy dedica parte de sua conquista a FATEB, atribuindo o apoio prestado pela faculdade e pelos professores como valores indispensáveis para o bom desenvolvimento do projeto.

“É com grande alegria que recebi esta premiação. Foram 5 anos de esforços, dedicação e empenho, que me fizeram saber que realmente escolhi a profissão correta e tenho muito a agradecer a FATEB”, comenta.

No dia 21/02, os nossos colegiados de Direito, de Engenharia Química e de Engenharia Mecânica realizaram suas aulas inaugurais.
O colegiado de Direito recebeu o presidente da subseção da OAB de Ponta Grossa, Dr. Edmilson Rodrigues Schiebelbein para conversar com os acadêmicos sobre tema: Função Social da Propriedade do Solo Urbano.
E para abrilhantar a noite dos nossos futuros engenheiros químicos e mecânicos tivemos a palestra do Diretor Executivo da empresa C3N Energia e doutor em Química pela UFSC, Noel Massinhan Levy, falando sobre Estratégias Sustentáveis em Energias Renováveis.

O coordenador de Engenharia Química, prof. Dr. Osvaldo Vieira participou como membro do comitê técnico e moderador de uma sessão no Control Systems 2016.

A conferência é realizada a cada dois anos e é a mais proeminente conferência na área de medição e controle de processos e sistemas de engenharia para a indústria de celulose e papel. Neste ano, foi realizada em Estocolmo, Suécia e atraiu participantes de todos os principais países produtores de papel e celulose, sendo uma excelente oportunidade de contato com especialistas de todo o mundo para saber mais sobre as práticas no campo e novas tecnologias. Foi a 2° vez que o professor participou do comitê técnico. É uma experiência muito boa, pois adquire muito conhecimento a assuntos relacionados ao dia a dia da engenharia química, controle e celulose e papel”, comenta.

© 2022 FATEB - CNPJ: 00.904.138/0001-15 | Desenvolvido por Freshlab Agência Digital.

crossmenu linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram